Gold Clock

quinta-feira, 10 de maio de 2012

O DESTINO NOS UNIU


O DESTINO NOS UNIU -

JADSON QUEIROZ


OLHANDO AS ESTRELAS NO CEU
FICO A LEMBRAR DO NOSSO AMOR
DE TANTAS RECORDAÇÕES SINGELAS,
E DOS BEIJOS QUE TROCAMOS COM ARDOR.

ANTES DO NINHO DE AMOR
O PASSEIO PELA PRAIA, DE MÃOS DADAS,
A CERVEJA NO BARZINHO DA ESQUINA
E A BELEZA DAS NOITES ENLUARADAS.

A FELICIDADE DESSE MOMENTO,
É TER VOCÊ SEMPRE AO MEU LADO...
É VIVERMOS ESSE AMOR INTENSAMENTE
E JUNTOS, CONTINUARMOS DE BRAÇOS DADOS.

SOMOS FELIZES É TUDO O QUE IMPORTA
VAMOS VIVER JUNTOS FINALMENTE,
O DESTINO NOS UNIU, NINGUÉM VAI SEPARAR,
DESFRUTAREMOS, SIM, DESSE AMOR,

ETERNAMENTE.

ETERNO AMOR


ETERNO AMOR

                                                                                                JADSON    QUEIROZ
QUE ESTE TOTAL AMOR,
QUE SINTO POR VOCÊ
NÃO SEJA PARA TÍ,
COMO A FUMAÇA DO CIGARRO,
QUE DESAPARECE NO ESPAÇO,
PARA NUNCA MAIS VOLTAR,
QUE SEJA SIM, COMO A ROSA VERMELHA,
QUE FAZ PULSAR O MEU CORAÇÃO POR TÍ.
QUE SEJA ESTE NOSSO AMOR,
INFINITO COMO O PRÓPRIO CEU...
CLARO COMO A PROPRIA LUZ...
BELO, COMO O PRÓPRIO DEUS.
QUE AS NOSSAS MÃOS CONTINUEM SEMPRE DADAS...
QUE OS NOSSOS BRAÇOS, PROSSIGAM,
CADA VEZ VEZ MAIS APERTADOS.
QUE OS NOSSOS CORPOS CONTINUEM
SEMPRE SENTINDO O CALOR,
UM DO OUTRO.
QUE OS NOSSOS LÁBIOS,
SELEM PARA SEMPRE,
ESTE NOSSO GRANDE E,
ETERNO AMOR!!!!

domingo, 6 de maio de 2012

MINHA PRECE

                                                           MARENICE       FERREIRA


MINHA ALMA.

RENOVA MINHAS ENERGIAS, QUANDO EM MOMENTOS DE AFLIÇÃO SENTI-LAS ESVAINDO-SE DO MEU CORPO MATERIAL E ESPIRITUAL.

QUE EU POSSA OLHAR DE FRENTE AS BARREIRA E OBSTÁCULOS QUE SE ERGUEM NO MEU DIA A DIA, SEM PERDER O EQUILÍBRIO E MANTENDO A MINHA FÉ EM TI, USANDO A SABEDORIA PARA VENCE-LAS.

QUE AS PEDRAS EM MEU CAMINHO NÃO ME ASSUSTEM NEM DETENHA MEU INTUITO DE PROGREDIR DENTRO DOS PRECEITOS MORAIS E ESPIRITUAIS., E QUE EU OS VEJAM COMO FREIOS NAS HORAS DE INDECISÕES E NO MEU SILENCIO.

NO MEU CAMINHAR SEGURA NAS MINHAS MÃOS E ME LIVRA DAS TREVAS NO ENCONTRO COMIGO MESMA.

DEIXA MEU CORAÇÃO ADORMECER NAS HORAS TRISTES E AFLITAS, PARA QUE EU NÃO PERCA A SERENIDADE E A BRANDURA DO TEU AMOR.ENVOLVA-ME NAS HORAS MAIS PRECISAS.

QUE EU POSSA CHORAR ATÉ AFOGAR TODOS OS SENTIMENTOS DE AMARGURA E DESESPEROS, FAZENDO ASSIM MEU CORAÇÃO BROTAR NOVAS SEMENTES COM RAÍZES FORTES E NUTRIDAS PELO EXERCÍCIO DO ENTENDIMENTO E ACEITAÇÃO.

QUE MEUS LÁBIOS PERCA-SE NO SORRISO, IGUAL A DOS GUERREIROS QUANDO RETORNAM A PÁTRIA AMADA.

QUE MEUS OUVIDOS ESCUTEM SEMPRE A MELODIA DOS PÁSSAROS PARA NÃO ESQUECER DO QUANTO É MARAVILHOSO O FALAR E O OUVIR.

QUE O PERDÃO SEJA A MINHA CARTILHA DO APRENDER E QUE EU A ESTUDE TODOS OS DIAS.

QUE MEUS PÉS ME LEVEM COM SEGURANÇA FÉ, EQUILÍBRIO OS CAMINHOS QUE AINDA NÃO GALGUEI.

POR FIM PAI AMADO QUE EU ENTENDA E ACEITE TODAS AS TUAS VONTADES NA CERTEZA QUE ME AMAS, AMÉM.


terça-feira, 1 de maio de 2012

TÂNIA

.

UM DOS MAIS BELOS POEMAS DESSE POETA INESQUECÍVEL, WALFLAN DE QUEIROZ.
*Walflan de Queiroz [ in O livro de Tânia, 1963 ]

Eu venho de uma montanha, Tânia.
De uma montanha de fogo e de sombras,
De fogo como o sol e de sombras como a noite.

Venho de um vale, Tânia.
Um vale com mil flores brilhantes.
E todas estas flores eram tuas.

Venho de uma floresta, Tânia.
Uma floresta com apenas um pássaro.
Um pássaro azul como as águas do rio.

Venho de um lago também azul, Tânia.
Um lago tranquilo e sem rumores,
Com cisnes brancos, cisnes selvagens,
Selvagens como meu amor.

Eu venho do mar, Tânia.
Um mar sem praias e sem gaivotas,
Com uma ilha de carne,
E com o sangue de uma estrela.

Venho do deserto quente, Tânia.
Um deserto com ventos de areia,
E com monumentos que são sepulcros,
Onde enterro a minha solidão.

*Poeta potiguar, de São Miguel, nasceu em São Miguel (1930). Considrado como um dos maiores bardos da poesia Norte-rio-grandense. Poeta de vida atormentada, solitário. Acometido por uma exquisofrenia desde a sua juventude, morreu num sanatório, em Natal, em 1995.