Gold Clock

terça-feira, 26 de abril de 2011

LUTO NA DANÇA - MORRE ROOSELVET PIMENTA


Reconhecimento

Nome conhecido e reconhecido dentro do circuito da dança potiguar e nordestina, Roosevelt Pimenta começou sua carreira como ator, ao lado de outros dois expoentes das artes cênicas natalense: Sandoval Wanderley e Jesiel Figueiredo.

Em 1965, já como profissional, embarca rumo ao Recife para ser assistente de direção do espetáculo “A Corda”, do pernambucano Clênio Wanderley. Por lá, fez teste para a TV Jornal do Comércio e foi aprovado como primeiro bailarino. No mesmo ano, tornou-se bailarino solista do Grupo de Danças Clássicas Flávia Barros. Ainda no Recife, trabalhou em circo e em teatro de revista, até se mudar para São Luís do Maranhão, onde atuou na Academia Maranhense de Balé. Após três anos em São Luís, foi convidado para fazer parte do Balé do Estado de São Paulo.

Em 1974, de férias em Natal, foi ‘convocado’ por Jesiel Figueiredo, por Jobel Costa e por Olindina Gomes, então Secretária de Educação e Cultura, para fundar o Balé Municipal de Natal, do qual foi diretor até dezembro de 2008. Antes, em 2004, durante comemoração alusiva aos 30 anos de criação do Balé Municipal, recebe justa homenagem por sua dedicação à instituição, que passa a se chamar Escola Municipal de Balé Professor Roosevelt Pimenta.

“Roosevelt dizia que tinha tudo para não ser, mais foi bailarino. O tamanho, o peso, não combinavam à delicadeza necessária ao bailarino clássico. O biotipo poderia sugerir mil e uma profissões, mais nunca a de um bailarino”, escreveu a professora Isaura Rosado, secretária Extraordinária de Cultura do RN, em nota de pesar.

De acordo com Isaura Rosado, apesar da dança natalense também ter sido marcada pela presença das professoras Olga Hipólito (nos anos 1950), Noêmia Ferraz (1965) e Ieda Emerenciano, “foi Roosevelt quem formou gerações e gerações de bailarinos. Fez, sem sombra de dúvidas, ‘escola’. Roosevelt esta na raiz do ensino e da multiplicação das escolas de balé na capital. Despertou o interesse pela profissão, levou legiões de amigos, pais, avós, ao teatro”, afirmou.

Para ilustrar essa geração formada por Roosevelt, podemos destacar Anízia Marques e Fátima Sena (professoras do Balé Municipal), Ana Thereza Miranda e Maria Cardoso (professoras e proprietárias, respectivamente, das escolas de dança Studio Corpo de Baile e Escola de Balé Maria Cardoso), Wanie Rose (da EDTAM), Larissa Marques e Karerine Porpino (professoras da UFRN).

“Nesta hora de saudade, temos o orgulho de poder dizer que com Roosevelt convivemos e a ele, agora, prestamos as nossas merecidas homenagens,  reconhecendo-lhe a importância do longo e profícuo trabalho como pioneiro  no ensino do balé clássico no RN”, finaliza Isaura Rosado.

Também membro do Conselho Municipal de Cultura, Roosevelt Pimenta “nos deixou um belíssimo exemplo de dedicação ao trabalho e um profundo e abalizado apego à prática da arte-cultura”, escreveu Rafael Correia de Oliveira, secretário executivo do Conselho, em nota oficial de pesar. Ainda segundo a nota do Conselho “ele (Roosevelt) não conseguia afastar-se do alcoolismo. O que agravou seu estado de saúde”.

Fonte: Tribuna do Norte

Nota do Blogueiro: Tive o privilégio de ter assistido o nascimento de Roosevelt no teatro,pois  participamos juntos no  Teatro de Amadores  de Natal sob a Direção de Sandoval Wanderley. Tive o  prazer de  quando
 lançado por Sandoval, como autor de teatro, com  a  minha peça " Chico Vaqueiro", Rooselvet,participou  nos ajudando
na parte técnica. Descança em Paz, amigo Rooselvet!!! Que Deus te abençoe e até um dia.

domingo, 17 de abril de 2011

O PODER DA ORAÇÃO




Menino evangélico ora e é poupado por atirador em Realengo
08/04/2011 14:09


Mateus Moraes, 13 anos, foi talvez o único aluno que teve a clemência do atirador Wellington Menezes, na Escola Municipal Tasso Vieira, em Realengo. Enquanto o criminoso disparava, frio e impassível contra seus colegas, Mateus orava perto do quadro negro, sem ser incomodado, na sala 1801, no primeiro andar do prédio da escola.
“Eu estava em pé e era um dos mais nervosos. Pedi para ele não me matar, e ele disse: ‘Fica tranqüilo que não vou te matar.’ E não atirou em mim”, contou o menino.
Uma possível explicação, acredita Mateus, é o fato de que ele ficou o tempo todo orando. Fiel da IgrejaAssembleia de Deus, o menino atribui a uma força superior o fato de ter saído vivo do ataque. “Deus me protegeu.”
O atirador andava calmamente pela sala, disparando contra as crianças, principalmente na cabeça e no tórax.
De acordo com a Polícia Militar, Wellington invadiu a instituição de ensino por volta das 8h e disparou contra alunos. A direção da escola informou que o homem – que era um ex-aluno – se passou por um palestrante para entrar na instituição de ensino. Ao chegar ao local, primeiro ele teria procurado uma professora que já tinha lhe dado aula no passado. Como não a encontrou, subiu para o primeiro andar, foi em duas salas do oitavo ano do Ensino Fundamental e efetuou disparos.
Fonte: IG

sábado, 16 de abril de 2011

MORRE ANA PAULA FILHA MAIS VELHA DE ROBERTO CARLOS


Tristeza sem fim para Roberto Carlos: morreu nesta madrugada, em São Paulo, Ana Paula Rossi Braga, a filha mais velha do rei, vítima de uma parada cardíaca. Ela não estava doente e aparentemente não sofria de nenhum problema de saúde. Por obra do destino, o rei estava na cidade e, assim que soube da notícia, foi correndo para o apartamento onde ela morava.

* Ana Paula era fruto do primeiro casamento de Nice Braga, primeira mulher de Roberto. Ele sempre a tratou como filha de verdade, do coração mesmo. 
O Portal Splish Splash, presta toda a solidariedade ao querido Roberto Carlos, que passa por esse terrível momento às vésperas de comemorar, nesta terça-feira, dia 19, 70 anos de idade.

sexta-feira, 15 de abril de 2011

RELEMBRANDO..


O  BLOGUEIRO (Jadson), na época do TEATRO DE ESTUDANTES DE CEARÁ-MIRIM,
na década de 60.   Bons  tempos!!!!!

quarta-feira, 13 de abril de 2011

CARTA AOS FILHOS

 

Meu Filho,


- Tu podes não me conhecer, porém eu sei tudo sobre ti (Salmo 139:1)
- Eu sei quando te assentas e quando te levantas (Salmo 139.2)
- Eu conheço todos os teus caminhos (Salmo 139.3)
- Até os cabelos da tua cabeça estão todos contados (Mateus 10.29-31)
- Pois tu foste feito à minha imagem (Génesis 1.27)
- Em mim tu vives e te moves, e tens existência (Actos 17.28)
- Pois tu és a minha descendência (Actos 17.28)
- Eu já te conhecia mesmo antes de seres concebido (Jeremias 1.4-5)
- Eu te escolhi quando ainda planeava a criação (Efésios 1.11-12)
-Tu não és um erro (Salmo 139.15)
- Pois todos os teus dias foram escritos no meu livro (Salmos 139.16)
- Eu determinei a hora exacta do teu nascimento e onde deverias viver (Actos 17.26)
- Tu foste feito de forma admirável e maravilhosa (Salmo 139.14)
- Eu te formei no ventre de tua mãe (Salmo 139.13)
- E te trouxe à luz no dia em que nasceste (Salmo 71.6)
- Eu tenho sido mal interpretado por aqueles que não me conhecem (João 8.41-44)
- Eu não estou distante nem zangado, mas sou a completa expressão de amor (I João 4.16)
- E é meu desejo derramar meu amor sobre ti (I João 3.1)
- Simplesmente porque tu és meu filho, e eu sou o teu Pai (I João 3.1)
- Eu te ofereço mais do que o teu pai terrestre jamais poderia oferecer (Mateus 7.11)
- Pois eu sou o Pai Perfeito (Mateus 5.48)
- Cada boa dádiva que recebes vem da minha mão (Tiago 1.17)
- Pois eu sou o teu provedor e cuido de todas as tuas necessidades (Mateus 6.31-33)
- O meu plano para o teu futuro sempre foi cheio de esperança (Jeremias29.11)
- Porque eu te amo com um amor eterno (Jeremias 31.3)
- Os meus pensamentos para contigo são incontáveis, como a areia da praia (Salmo 139.17-18)
- E eu me regozijo em ti com cânticos (Sofonias 3.17)
- Eu nunca deixarei de te fazer o bem (Jeremias 32.40)
- Pois tu és o meu tesouro precioso (Êxodo 19.5)
- Eu desejo te estabelecer com todo meu coração e toda minha alma (Jeremias 32.41-42)
- Posso revelar-te coisas grandes e maravilhosas (Jeremias 33.3)
- Se me buscares de todo o teu coração, me encontrarás (Deuteronómio 4.29)
- Deleita-te em mim e eu te darei os desejos do teu coração (Salmo 37.4)
- Pois sou eu quem colocou em ti esse desejo de me agradar (Filipenses 2.13)
- Eu sou capaz de fazer mais por ti do que jamais poderias imaginar (Efésios 3.20)
- Pois eu sou a tua maior fonte de encorajamento (II Tessalonicenses 2.16-17)
- Eu sou também o Pai que te consola em todas as tuas aflições (II Coríntios 1.3-5)
- Quando estás quebrantado, eu estou próximo de ti (Salmo 34.18)
- Como um pastor que leva um cordeiro, eu te tenho carregado junto ao meu coração (Isaías 40.11)
- Um dia eu limparei toda a lágrima dos teus olhos (Apocalipse 21.3-4)
- E tirarei toda a dor que tens sofrido nesta terra (Apocalipse 21.4)
- Eu sou o teu Pai e te amo, tal como amo o meu filho Jesus (João 17.23)
- Pois em Jesus foi revelado o meu amor por ti (João 17.26)
- Ele é a representação exacta do meu ser (Hebreus 1.3)
- Ele veio para demonstrar que eu sou por ti e não contra ti (Romanos 8.31)
- E para dizer que eu não estou a levar em conta os teus pecados (II Coríntios 5.18-19)
- Jesus morreu para que tu e Eu pudéssemos ser reconciliados (II Coríntios 5.18-19)
- A sua morte foi a expressão suprema do meu amor por ti (I João 4.10)
- Eu entreguei tudo o que amava para poder ganhar o teu amor (Romanos 8.32)
- Se receberes a dádiva do meu filho Jesus, recebes-me a mim (I João 2.23)
- E nada jamais poderá te separar do meu amor (Romanos 8.38-39)
- Vem para casa e haverá grande alegria no céu! (Lucas 15.7)
- Eu sempre fui Pai, e sempre serei Pai (Efésios 3.14-15)
- A minha pergunta é: Queres ser meu filho(João 1.12-13)
- Estou à tua espera (Lucas 15.11-32)

Com amor, do teu Pai
Deus Todo-Poderoso

terça-feira, 12 de abril de 2011

VIOLÃO ABANDONADO


Encostado no cantinho,
Jaz sozinho e empoeirado
O meu violão de pinho,
Grande amigo do passado.

Desafinado e esquecido,
Já não é mais meu parceiro.
Foi outrora tão querido,
Entre tantos seresteiros.

Hoje é tudo diferente.
Fui na onda do momento,
Optei pelo teclado.

Para ouvir um som plangente,
Programo o falso instrumento,
Deixando o pinho de lado.

E pra matar a poesia,
Mais duas quadras componho,
É que bateu nostalgia,
Do meu Del Vecchio tristonho.

Já não há voz quando canto,
Já não há vez pra seresta.
E talvez seja por isso.
Que eu me tornei poeta.


(Fátima Irene Pinto).

Fonte; Blog Caminhos da Vida




.

DR. AUGUSTO MEIRA - UM CEARAMIRINENSE ILUSTRE

 BIOGRAFIA DE AUGUSTO MEIRA


Augusto Meira, cujo nome de batismo é José Augusto Meira Dantas, nasceu no engenho Diamante, município de Ceará Mirim, Rio Grande do Norte, a 11 de dezembro.de I873. Era fi­lho de Olinto José Meira e D. Maria Generosa Meira Ribeiro Dantas. Fez’ seu, curso primário e secundário no engenho Je­riçó, sob a orientação de seu próprio pai. Formou-se em direi­to, no ano de 1899, na cidade do Recife, tendo sido laureado pela mesma Escola, com o prêmio de viagem à Europa. Depois de sua formatura esteve algum tempo na cidade do. Rio de Ja­neiro, e daí transferiu-se para a cidade de Santarém, neste Es­tado, onde exerceu por alguns anos a função de Promotor Pú­blico. Nessa cidade casou-se com D. Anésia de Bastos Meira. Lobo após seu casamento foi transferido pelo Governador Au­gusto Montenegro para a promotoria de Belém. Em 1908 fez concurso para a cadeira de Direito Penal da Faculdade Livre de Direito, o primeiro concurso a realizar-se nessa Escola. Foi deputado estadual em diversas legis1aturas. Com o advento da revolução de 1930 passou ao exercício da advocacia e ao professorado. Na interventoria Magalhães Barata foi nomea­do Diretor da Faculdade de Direito, lugar em que permaneceu até ser eleito senador Federal pelo Pará. Após ocupar por quatro anos a senatoria federal, foi eleito deputado FederaL Foi colaborador constante da “Folha do Norte”, do “Estado do Pará”, “Província do Pará”, “Jornal do Brasil” e “Jornal do Co­mércio”, estes do Rio de Janeiro. Publicou muitas obras, entre as quais podemos destacar Falenas e Nenúfares, Alcíones, Secreto Esplendor, Caminho da Glória, Brasileis, epopéia nacio­nal brasileira. O Príncipe de Miller, Amazonas versus Pará, Ruy Barbosa e Rio Branco, Autonomia Acreana, O Caso Torres, Di­reito e Arbítrio, Mandado de Segurança, Selva Selvagem, Es­tesia Filológica e muitos outros trabalhos, entre os quais ainda alguns inéditos. De seu feliz consórcio com D. Anésia de Bas­tos Meira nasceram-lhe nove filhos. Augusto Meira foi poeta, publicista, orador, professor de Latim, Português, Lógica, ocupando ainda as cátedras de Direito Penal e Direito Civil da Faculdade de Direito. Como parlamentar salientou-se nas lu­tas contra a internacionalização da Amazônia, apresentando ainda inúmeros projetos de interesse público, transformados em lei. Sua folha de serviço foi inestimável e faleceu nesta ci­dade aos 90 anos, em plena atividade intelectual

Fonte:  Google

ENCONTRO DOS EX- ALUNOS DA EIN - ANO 1966

Nesta foto de 1966, na frente do refeitório da antiga Escola Industrial de Natal, estão alunos da 3ª série ginasial. No 5º Encontro de Ex-alunos da EIN, realizado no dia 18.09.10, compareceram apenas Luiz Cortez, Gilvan e Luiz Carlos- "Luiz Defunto " (o 1º do lado esquerdon, com mão no queixo). Os demais não foram vistos, não compareceram por motivos vários. José Ivanildo da Silva, o futebolista da FNF/RN, está ao lado do colega do centro, com camiseta branca e óculos escuros, o Toinho de Ceará-Mirim, que nunca mais foi visto em Natal. O médico José Carlos Morais está lado de Ivanildo. Alfredo do Nascimento, ex-ministro dos Transportes, é o quinto agachado na frente, da esq. p/direita. Do nosso arquivo.

FONTE:  Natal em Pauta   - Luiz Gonzaga Cortez

terça-feira, 5 de abril de 2011

sábado, 2 de abril de 2011

2 DE ABRIL - DIA MUNDIAL DE CONSCIENTIZAÇÃO DO AUTISMO


 A Organização das Nações Unidas decretou todo o dia 2 de abril como sendo o Dia Mundial de Conscientização do Autismo (World Autism Awareness Day), desde 2008. Este é o quarto ano do evento mundial, que pede mais atenção ao Transtorno do Espectro Autista (nome oficial do grupo de diferentes desordens do desenvolvimento que engloba o autismo), que é mais comum em crianças do que AIDS, câncer e diabetes juntos.

Autismo é um transtorno do desenvolvimento no qual uma criança tem dificuldade nas relações sociais, na comunicação e apresenta comportamento repetitivo em algumas situações da vida diária. Sinais de autismo normalmente aparecem no primeiro ano de vida e geralmente antes dos três. A desordem é quatro vezes mais comum em meninos do que em meninas.

MEMÓRIA DESCARTÁVEL

Yuno Silva - repórter

A já combalida identidade cultural sofre novo golpe com o descarte de parte da memória representada pelos trabalhos do artista José Lemos, autor de três grandes painéis que ornamentavam o teto da Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição, em Ceará Mirim. A capacidade de transformar lixo em arte é sempre tida como um desafio enriquecedor, mas o contrário, quando a arte vira lixo, está se tornando cada vez mais comum no Rio Grande do Norte. Desgastados pelo tempo e corroídos pela falta de cuidado, os trabalhos de José Lemos, 80 anos, radicado na Paraíba desde 1956 em virtude de sua carreira militar, tiveram que ser retirados após laudo do Corpo de Bombeiros, emitido em 2007, condenando todo o telhado da imponente Paróquia localizada a cerca de 30 quilômetros da capital e inaugurada em 1858.

Abandonada, Santa Águeda aguarda restauraçãoInstaladas em 1952, as obras “Sagrado Coração de Jesus”, “Imaculada Conceição” e “Santa Águeda” foram removidas sem o devido cuidado e, mais uma vez, lá se vão para o ralo capítulos importantes de memória cultural. Além desta três pinturas, Lemos ainda assina uma quarta obra, “Santíssimo Sacramento”, criada em 2002 para substituir a original assinada pelo pintor espanhol Rafael Fuslter, de 1912, que também foi parar no lixo pelo mesmo descaso.

Antes de se cogitar a restauração dos painéis, os trabalhos foram sumariamente relegados ao esquecimento, e hoje se encontram separados em condições bem distintas: o já substituído “Sagrado Coração de Jesus” se encontra encostado em uma das paredes externas do Espaço Cultural Prefeito Roberto Varela, vizinho ao prédio onde funciona a estação de trem;  “Santa Águeda”, abandonada em um galpão como se fosse lixo; e “Imaculada Conceição”, o mais prejudicado dos três por ter sofrido com infiltração no telhado, e que hoje está guardado com a família do arquiteto Antônio Augusto da Silva Júnior, responsável pela reforma da Igreja Matriz. A reforma está sendo custeada por doações dos paroquianos, e já consumiu cerca de 160 mil reais. “Nosso objetivo é concluir a reforma até o final do ano, antes da festa da padroeira”, planeja o arquiteto. O orçamento total da reforma ultrapassa os R$ 500 mil.

Para cada uma das situações há uma explicação, mas nenhuma delas justifica a falta de interesse em restaurar as obras. Como a intenção é substituir os painéis, inclusive um deles já trocado em 2009, por nova versão para “Sagrado Coração de Jesus” assinada pelo artista cearamirinense Júlio Maria Siqueira. A permuta das outras duas pinturas seguem caminhos bem diferentes: a nova “Santa Águeda” será feita por freiras da Congregação das Irmãs Franciscanas Nossa Senhora do Bom Conselho, e a nova “Imaculada Conceição” será doada pela família do arquiteto Antônio Augusto.

“José Lemos foi uma das primeiras pessoas a incentivar a substituição das obras, pois foi um de seus primeiros trabalhos e ele considerava que sua técnica ainda não estava apurada”, afirmou o arquiteto. “Por ele as imagens deveriam ser substituídas”, garantiu. Nos planos de Antônio Augusto e do Padre Bianor, atual titular da Paróquia, a conclusão da reforma da igreja também está atrelada a criação de um museu de arte sacra, que acolheria as obras devidamente restauradas. “O objetivo é disponibilizar tudo para visitação pública, inclusive um trabalho original do pintor espanhol e a que está com minha família”, adianta.

Por sua vez, Lemos garante que em nenhum momento foi consultado ou procurado, e que ficou sabendo da situação através de amigos: “Gostaria muito que os quadros fossem restaurados, e não faço ideia onde estão os quadros que fiz”, disse o artista por telefone. Ele contou que, no início da década de 1950, quando já se cogitava substituir os originais, os nomes de Newton Navarro e Cândido Portinari foram sondados pela Paróquia, “mas, na época, o Monsenhor Celso Cicco (irmão de Januário Cicco) achou um exagero contratar esses artistas, e a deputado Luiz Varela me convidou para realizar o trabalho”, lembrou o artista. José Lemos elogiou muito a atuação do Padre Bianor, e frisa que as obras foram retiradas no período do Padre Assis. “Padre Bianor está conseguindo reformar a igreja, por muito tempo abandonada”, conclui.

O restaurador Waldeck Araújo de Moura, diretor da Fundação Cultural Nilo Pereira, também defende a manutenção dos painéis e se posiciona contrário à substituição das obras. “O ideal seria restaurar os trabalhos de José Lemos, por respeito ao artista ainda vivo, por respeito à própria memória da cidade. Gosto do artista que fez o novo painel, mas nada justifica”, disse Waldeck.

“Para restaurar uma obra de arte devemos seguir critérios, as marcas do tempo precisam ser preservadas com tratamento químico especial, recuperação da moldura e da própria tela”, explicou o profissional, que já atuou em projetos de restaurações em Minas Gerais, Salvador e Olinda.Quando as pinturas foram retiradas do teto da Igreja matriz Nossa Senhora da Conceição, “a mais imponente do Rio Grande do Norte”, segundo o diretor, ele foi atrás e resgatou o “Sagrado Coração de Jesus” em uma serraria antes que fosse desmanchada. “Tentei proteger o trabalho da melhor maneira possível, mas ainda não consegui colocar para dentro do Espaço Cultural – primeiro por suas dimensões, segundo pela necessidade de realizar tratamento na moldura tomada pelo cupim”, informou.

Waldeck ainda não tem projeto elaborado para captar recursos e se diz a espera de “interessados em colaborar”.

Fonte:   Tribuna do Norte