Gold Clock

sexta-feira, 23 de agosto de 2013

POESIA   DE      LUIZ LUCAS LINS CALDAS
                                IRACEMA

Linda praia de terra hospitaleira
Que é berço de Alencar e Iracema,
Decanta-te meu verso. este poema
Quero que fale pela alma inteira.

O mar na sua luta sobranceira,
Da branca espuma fez seu diadema,
Anda por ti, a inspiração, suprema,
Vibra por ti a glória prazenteira.

Na beleza solar destes teus dias
Sinto que canta com calor estranho
A alma dos ventos e das pescarias...

Os coqueiros são teus nesta arrancada,
E matinal teu saboroso banho,
És a febre da luz numa jangada

Nenhum comentário:

Postar um comentário