Gold Clock

segunda-feira, 4 de janeiro de 2016


O sentimento maior, é aquele que não se sabe dizer, para o qual não logramos encontrar palavras que comportem tamanha sensação. Por isso, muitas vezes o silêncio, acompanhado de emoções que apenas a sensibilidade do olhar é capaz de expressar, eternizam os momentos que sublimamos, que suspendemos na recordação, como inesquecível memória dum tempo sem tempo para passar, sem nada para dizer ou argumentar, apenas silêncio e esse teu olhar...

Depois, à medida que se esvai a vida, nesta corrente sanguínea que são os dias, preenchidos de quotidianos, nascem-me nos dedos as lembranças, que como vagas comprimem o meu peito, rocha nua que já foi teu leito, e numa exasperação declamo, em letras escritas, as saudades que se soltam da alma, como pombas brancas que voam no ar fresco desta manhã. É assim este encantamento, que me possui, como trágico destino de dizer, tudo aquilo que sinto. 

Fonte: Absorvência.blogspot.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário